segunda-feira, 28 de junho de 2010

Hipertenso e vai acompanhar jogo do Brasil? coma chocolate escuro antes!

ResearchBlogging.org
O chocolate tem sido objeto de grande atenção científica e temos acompanhado. o assunto neste blog (aqui o último post neste tema), assim como foi comentado por Luis Claudio no seu blog "Medicina Baseada em Evidências", em relação ao benefício cardiovascular (aqui). 
Há pouco tempo, o Hypertension, da American Heart Association, publicou o trabalho “Does Dark Chocolate Have a Role in the Prevention and Management of Hypertension? Commentary on the Evidence” (Hypertension. 2010;55:1289). Os autores revisam 13 estudos de qualidade que investigaram o efeito do chocolate sobre a pressão arterial. O consumo de chocolate escuro levou a uma redução da pressão em 6 dos 7 estudos abertos mas em somente 1 dos 6 estudos duplo cegos. Estes achados podem levar à suspeita de um efeito placebo. Além do mais, resta a dúvida se é realmente possível conduzir um estudo realmente às cegas sobre o consumo de chocolate. O que poderia ser usado como placebo? O que poderia ser usado para ter a textura, gosto e odor de chocolate escuro?
Vários fatores dificultam a comparação dos estudos: Eles foram realizados com número baixo de indivíduos; os métodos de medida da pressão arterial foram diferentes, alguns utilizaram equipamentos com baixa acurácia. 
Algumas perguntas não foram esclarecidas: o efeito do chocolate é dose e/ou tempo dependente? há uma relação entre o nível inicial da pressão o efeito do chocolate?
Para complicar ainda mais, foram usadas diferentes marcas de chocolate. É sabido que os processamento para preparo do chocolate altera a composição química do chocolate, incluindo o seu teor de flavonoides. Tudo isto, somado aos resultados conflitantes, leva a que a revisão conclua que o efeito do chocolate sobre a pressão arterial não é passível de conclusão clara. 
Um ponto importante é que não há indicações que o chocolate leve ao aumento da pressão arterial. Os autores concluem num tom positivo:
“Addressing the unanswered questions through high-quality research has potential to establish that dark chocolate/cocoa lowers BP and to optimize its antihypertensive effects while retaining and even amplifying other beneficial actions. The research portfolio should seek to identify adverse effects of dark chocolate and to define the proportion of the at-risk population for whom it is an acceptable long-term intervention. Addressing the unanswered questions may lead to a palatable recommendation for reducing cardiovascular risk for millions of prehypertensive and hypertensive people.”
Mesmo que ainda não possamos abater os gastos de chocolate como tratamento de saúde, já podemos consumi-lo pela possibilidade de ação terapêutica, mesmo que seja pelo efeito placebo.
Declaração de conflito de interesse: Não tenho ações de companhias de chocolate, não tenho fazendas de cacau, mas gosto bastante de chocolate.


Egan, B., Laken, M., Donovan, J., & Woolson, R. (2010). Does Dark Chocolate Have a Role in the Prevention and Management of Hypertension?: Commentary on the Evidence Hypertension, 55 (6), 1289-1295 DOI: 10.1161/HYPERTENSIONAHA.110.151522

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário