terça-feira, 29 de março de 2011

Anthony Atala: Printing a human kidney

Post de Marcia Weber Carneiro (LIP- CPqGM/FIOCRUZ)


A grande esperança para área de transplante é poder fabricar os órgãos, sem ter de aguardar um doador na fila, durante meses. Esta necessidade pode ser solucionada com a chegada da primeira impressora biológica 3D (!!!) para a "impressão" de órgãos e tecidos humano. A idéia do aparelho é simples, porém complexa. Ao invés de utilizar tinta como em uma impressora normal, o equipamento utiliza células, e, no lugar do papel, placas de petri. No início, apenas tecidos "simples" serão feitos, como pele e músculo. Porém, acredita-se que, em 5 anos, a impressora será capaz de produzir órgãos complexos. A tecnologia pode inclusive ser utilizada para criar novas redes de vasos para sustentar órgãos como os rins, fígado e coração.

Neste vídeo, cirurgião Anthony Atala demonstra um experimento em fases inicial que poderá um dia resolver a questão do doador-receptor: a impressora 3D que usa células vivas para a saída de um fígado transplantável.
(Recorded at TED2011, March 2011, in Long Beach, California. Duration: 17:24)

Um comentário:

  1. Olá, blogueiro (a),
    Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.
    Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.
    Acesse http://doe.vc/mq e saiba mais.
    Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br
    Atenciosamente,
    Ministério da Saúde
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

    ResponderExcluir